quarta-feira, 13 de julho de 2011

Dois versos mais e um soneto de encantamento

Quero prender essa beleza,
Beleza que cativa meus olhos,
Inquieta meus pensamentos.

Tens olhos antagônicos, que sufocam
Indefesos e altivos,
Idôneos e pueris.

Lábios convidativos,
Teu riso rima com minha tristeza,
O silencio proclama o desejo

Teus cachos atiçam meus dedos
Teus abraços aquecem meu peito,
O amor é encantamento!

2 comentários:

EvangeLucas disse...

Nossa... Incrível. Simplesmente Encantador, como o própio título convida a ser.

Cibele disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.